Campanha Nacional recorda os 40 anos da Comissão Pastoral da Terra

A Comissão Pastoral da Terra (CPT) lança neste dia 1º de junho, a Campanha Nacional em memória aos 40 anos de atuação da entidade. O ato antecede o “Encontro Brasileiro dos Movimentos Populares em diálogo com o Papa”.

De acordo com informações da CPT, fazer memória da história da Pastoral da Terra é levar as pessoas a perceberem a presença das batalhas travadas no campo, nas cidades e no Congresso Nacional, em suas vidas cotidianas. “É realizar o ato político e lembrar de todas e todos que lutaram pelos direitos dos povos do campo, das comunidades indígenas e quilombolas; pelo direito à vida, à terra e às águas”.

A Pastoral ainda define a celebração como “um ato de justiça”. “Não apenas por aqueles que aqui estão que continuam na lida, nem pelos que já se foram (seja pelas mãos do tempo ou pelas mãos da covardia), mas especialmente àqueles que ainda hão de chegar”, consta em um comunicado.

Histórico

A CPT surgiu em 1975 com o propósito de enfrentar a violação dos direitos de povos indígenas e de comunidades de posseiros que tinham seus territórios invadidos por grandes empresas que se estabeleciam na Amazônia. Dez anos depois começou a publicação do caderno “Conflitos no campo” com informações de assassinatos, ameaças e violência relacionados às questões da terra, da água e trabalhistas. Em 31 anos da publicação, foram registradas mais de 30 mil ocorrências.





COMPARTILHE


FACEBOOK



Fundação Mater ET Magistra - Rádio Alvorada AM 970 - Rua Dom Bosco, 145 - Londrina - PR - Tel (43) 3347-0606

2014 © Todos os direitos reservados Rádio Alvorada AM 970

                                                    powered by eduardobibiano.com.br